Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Há Em Nós Qualquer Coisa

Vidas de 400 palavras.

Há Em Nós Qualquer Coisa

Vidas de 400 palavras.

Intervalo.

Sexto ano. Sala fria, vazia de ecos e espíritos deambulantes, ávidos de conhecimento e provocação, de desafios cavalgantes de poder, aprendizagem e ensino.

Pausa entre aulas. O silêncio é o mesmo que há muitos anos.  Intemporal, numa acalmia que depressa vai embora, perante as emergentes ondas de perguntas, cheias de sal e dúvida.

Mas isso é mais daqui a pouco. Aproveitemos enquanto o tique taque do imperdoável relógio da vida não faz chegar os raios de luzes que aquecem os corações dos profissionais que com eles trabalham, aprendem e vivem. As janelas abertas, onde insistem entrar pequenos ruídos que emitem alegria e excitação, fazem chegar as alegrias do pátio e do recreio.

Toque. Contínuo, inflexível, estridente, relembrando a miúdos e graúdos que a vida pode ser vivida mais tarde. Agora é hora de experienciar, vivenciar, aprender, ensinar, numa troca salutar de perspetivas, respeitando opiniões mas impondo esse mesmo respeito. Aquela sala exígua, quente e fria, rejubila de pequenas máquinas nas cabeças a trabalhar a todo o vapor. Essas são as verdadeiras salas de máquinas, às centenas, aos milhares por esse país fora.

O toque termina abruptamente tal como começa. Três segundos de silêncio. E depois... Endorfinas manifestam-se. Os corredores frios de mármore são invadidos pelo futuro, agitado como se deseja. Corridas para chegar rapidamente às salas dão origem aos primeiros toques nas placas que identificam os números dos condomínios de construção de saber. 

"Fizeste o TPC? Vais apresentar hoje o teu livro? Será que vamos dar coisas novas?" - As perguntas ouvem-se, num grito que começa quase surdo. O entusiasmo aumenta, o coração bate mais forte. Vamos lá, mais uma aula. Mas nunca apenas mais uma, que os professores reinventam-se de hora em hora. Camaleões de todas as cores, faça chuva ou faça sol no seu íntimo, dentro de si.

Adeus. Vou abrir a porta. Obrigado por partilharem o intervalo comigo.

IMG_20190405_092924.jpg